Novo Tratamento para Gonorreia

Para quem ainda não conhece, a gonorreia nada mais é do que uma DST – Doença Sexualmente Transmissível, que pode ocorrer tanto em homens quanto em mulheres que praticam relação sexual sem o uso de preservativos.

Se você ficou interessado no assunto e deseja saber mais a respeito, continue lendo esse post e descubra:

  • Principais causas da gonorreia;
  • Sintomas da gonorreia;
  • Como tratar essa doença.

Causas da gonorreia

A gonorreia é uma doença causada por uma bactéria que recebe o nome de Neisseria gonorrhoeae. Esta bactéria é transmitida através da relação sexual, quando há contato oral, vaginal ou anal. Geralmente, a proliferação dessa bactéria ocorre nos lugares mais úmidos do corpo, como é o caso da uretra e do sistema reprodutor feminino, por exemplo.

Mas nada impede que a proliferação e consequente transmissão da gonorreia não ocorra de outras formas, como da mão para o filho durante o parto, ou quando este ainda se encontra dentro do útero materno.

Sintomas da gonorreia

Geralmente não existem sintomas na fase inicial dessa doença, fazendo assim com que a gonorreia seja considerada inicialmente assintomática.

Mas, com a evolução do quadro, é possível perceber a existência de alguns sintomas característicos desse problema de saúde, como:

  • Ardência e dor ao urinar;
  • Secreção purulenta pela uretra;
  • Inchaço ou dor na região dos testículos.

Lembrando que os sintomas descritos acima, se refere aos sinais mais comuns em homens.

Agora no caso das mulheres, os principais sintomas de gonorreia são dores abdominais e pélvica, sangramento fora do ciclo menstrual, ardência e dor ao urinar e aumento, bem como alterações no corrimento vaginal, como mudança de cor (este passa a ter uma cor amarelada) e odor desagradável.

Além disso, vale ressaltar que a gonorreia também pode afetar outras partes do corpo, apesar de ser mais comum no sistema reprodutor, como é o caso do reto, garganta, olhos e articulações.

Tratamento para gonorreia

O tratamento para gonorreia é feito basicamente com o objetivo de tratar a infecção e impedir que ela seja transmitida para outras pessoas.

Como se trata de uma doença causada por bactéria, o tratamento geralmente é feito à base de antibióticos. Em todo caso, o mais indicado é que converse com o seu médico, para saber se os sinais que você tem apresentado realmente são indicativos de gonorreia.

Uma vez que você foi diagnosticado com gonorreia. E deu início ao tratamento mais adequado para solucionar este problema, não pense que a sua parte está feita, porque não está.

Nesse caso é importante que você faça uma visita de acompanhamento ao médico, até mesmo para garantir que o seu quadro de infecção tenha sido solucionado por completo. Além disso, o seu parceiro sexual também deve ser examinado no intuito de evitar futuras transmissões.

Portanto, estas são as principais informações acerca da gonorreia. Ficou com alguma dúvida sobre esse assunto? Então deixe o seu comentário abaixo e compartilhe conosco as suas dúvidas e opinião acerca da gonorreia, uma doença que aparece de forma silenciosa, mas que pode fazer um grande estrago na vida de qualquer pessoa!